sábado, 7 de março de 2009

Despertando

Acordando depois de uma inesperada saída com um camarada Lisboeta na noite passada, sem ter muito o que dizer, ainda cheio de sono e com gosto de cigarro na boca seca, onde algo que um dia já foi uma língua se move de um lado pro outro como se fosse uma lixa, me recordando que o fumo e a bebida fazem mal à saúde. Felizmente, ou infelizmente, ninguém me vê assim em momentos onde o glamour reina.

Entre as coisas interessantes que descobri agora na primeira hora matinal recomendo uma olhadela no vídeo do camarada BR, como sempre impagável, numa pungente ode mezzo faroeste para aqueles saídos ou não do armário (ou deveria dizer chuveiro?).

http://www.youtube.com/watch?v=D6PunqtZcMw

Entre as coisas curiosas, desço pra tomar um café no bar da esquina e sou surpreendido por um carro com as portas abertas e com o som tipicamente aos berros. Em situações assim sempre me pergunto porque será que nunca escuto Coltrane ou Gershwin e sempre tem que ser algo como a dança do jumento ou um proibidão do funk mas hoje pra minha supresa tive sorte...o manhã está linda e a música era Tom Jobim! Impssionante.

Parece que amanhã rola finalmente um encontro culinário na casa de madame ana K. só com a presença de notáveis. A obra prima será executada a seis mãos. A conferir.

E pra acabar logo que eu tenho que tomar mais um café, e para complementar o último post, descobri que algumas músicas continuam a causar a mesma reação até hoje, deve-se tomar cuidado ao executá-las em público...oh johnny so much to answer for :)

http://www.youtube.com/watch?v=S5BLluEV-6E

Sua lente não fotografa o amor...laralala

8 comentários:

Amèlie disse...

Risos

Dia desses, na casa de um amigo, sentados no chão da sala, porta aberta, ouvindo em alto e bom som, Etta James. De repente a campainha toca. Um sujeito enigmático, levemente alcoolizado, como nós também estávamos, pergunta:

- Etta?

Meu amigo:

- Não! Miss Peaches!!!

Risos

O cara gargalhou e disse:

- Melhor ainda!!!


Bom, sobre o provável almoço de vocês, confesso que só não vou cortar os pulsos, pois meu último e único analista me disse que isso só serve pra fazer muita sujeira e não mata ninguém.


Beijos!
Bom domingo!

Homem de Azul disse...

Amèlie, o negócio não é cortar os pulsos, o negócio é chegar no aeroporto ou rodoviária mais perto de você e vir logo pra cá. Estamos aqui e a sua presença será sempre bem-vinda.

Chega mais, os domingos serão melhores com você. Beijos.

Nicolau disse...

E olha que domingo agora vai ser lá em casa. O cardápio ainda está em estudo. Mas acho que o Homem de Azul terá participação importante num arroz.

Homem de Azul disse...

Viva!! Já estou até imaginando o que vem pela frente.

E essas reuniões gastronômicas prometem.

Abs.

ana k. disse...

meninos,

o domingo foi lindo não?

o ceviche, a companhia e as crianças...

amèlie,

venha na próxima!

Homem de Azul disse...

ana K, boa comida, belas mulheres, novos e velhos amigos queridos e crianças comportadas, não tem como dar errado.

Bjs. ;)

Nicolau disse...

Eu não fiquei muito bêbado não ?

Homem de Azul disse...

Nicolau, você eu não sei mas eu não me lembro de nada rrss.

 

View My Stats