quarta-feira, 8 de abril de 2009

Elegia canibal

Vou voltar pra minha terra,
Lá, onde o mal não habita
Escutar o som das águas,
E dormir até você chegar

Mas minh’alma está faminta
E depende de você,
Aceite nossa contradança
Hoje o dia é de onça, seu corpo vai me pertencer

Quem estira o pescoço dos pássaros somos nós,
Só o papagaio voando fugirá,


Cantando até o amanhecer
Cantando até o amanhecer
Cantando até o amanhecer

8 comentários:

Dimitri BR disse...

uia!

o meu amor / é canibaaaal...

de tua autoria, diguinho?

eflúvios de luisa, talvez?

em todo caso, maneiro!

:*

Homem de Azul disse...

Haha, como você é preciso. Na verdade, é um mix entre Alberto Mussa e Luisa.

Por sinal, que disco bom!! Cada vez gosto mais.

Um beijo.

Homem de Azul disse...

Ah, e parceiro, pode musicar ;)

Dimitri BR disse...

já tá feito. =D

Dimitri BR disse...

xi rapá, mas tu editaste o post e eu já tinha musicado na versão anterior!

agora, paciência... e pode até ser porque já toquei umas 20 vezes e já acostumei, mas prefiro a anterior, era mais soturna.

essa parada é uma elegia canibal, maluco, não tem dessa de "hoje quero ficar contigo", não: é dente na carne! =O

(enfim, segue por email em minutos a gravação, daí o caro autor/parceiro - em mais uma! - reflete aí sobre sua criação.)

:*

Homem de Azul disse...

Há há, não se preocupe Dimi, a letra de alegre só tem a aparência e está perfeitamente adequada ao título. Um dia te conto com detalhes o rito canibal pra você ver que está no tom.

Você, como sempre, rápido no gatilho, vou ouvir pra depois cantar contigo...até o amanhecer (isso sim, sem contato físico).

Beijo.

Homem de Azul disse...

Vccê tinha razão Dimi, a música está pronta. Volta a versão original, solene e fúnebre, como convém a um tupinambá e também a um caiuby.

Beleza de música (como sempre), o resultado é surpreendente. Temos que levar isso mais a sério e lançar logo o disco que abalará os alicerces da MPB.

;]

Dimitri BR disse...

opa, demorou! nada mais canibal do que abalar os alicerces. nem que seja por comê-los (!).

mas ficou muito boa a música, diguinho, viva nóise! ;]

 

View My Stats